Assembleia

segunda-feira, 22 de maio de 2023

Homem é preso com carro roubado quando seguia para assaltar comércio na BR-316 em Codó; dois comparsas fugiram



 Uma ação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na cidade de Caxias, a 366 km de São Luís, culmino com a prisão de um homem, de 32 anos, por envolvimento em roubo de veículo e associação. A prisão foi efetuada nessa sexta-feira (19) no Km 543 da BR-316.

A equipe da PRF recebeu informação da Central de que um veículo Chevrolet Prisma, de cor vermelha, apresentava restrição para roubo e furto no sistema, registrada em Teresina, no Piauí.

Os policiais realizaram diligências nas imediações do prédio da PRF e nas estradas vicinais próximas. Durante a patrulha, localizaram o veículo, com três ocupantes, mas o motorista acelerou.

Em determinado ponto, dois ocupantes desembarcaram do veículo e fugiram. O motorista continuou acelerando, mas foi alcançado pelos policiais.

Durante revista, foram apreendidos: dois discos de corte, uma lixadeira elétrica, uma alavanca grande, duas chaves de fenda, duas talhadeiras, um par de luvas, um inversor elétrico e um aparelho celular.

O suspeito informou aos policiais que os dois comparsas que conseguiram fugir portavam duas armas de fogo. Ele relatou que conheceu os homens na noite anterior, e que eles teriam dormido em um hotel no município de Caxias.

Segundo o suspeito, o grupo teria se associado para arrombar e furtar um estabelecimento comercial no povoado Dezessete, no município de Codó.

Os policiais seguiram até o hotel mencionado, onde conseguiram identificar a pessoa responsável pela reserva do quarto utilizado pelos comparsas.

O suspeito preso foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil, em Caxias, juntamente com o veículo recuperado e os materiais apreendidos. Ele foi autuado em flagrante por associação criminosa e receptação.

A Polícia Civil dará continuidade às investigações para prender os outros envolvidos na associação criminosa. A polícia não revelou qual estabelecimento comercial seria alvo dos criminosos.

Fonte: Blog do Gilberto Lima