Assembleia

sexta-feira, 23 de junho de 2023

Técnica em Enfermagem morre depois de não ser atendida em UPA do Maiobão por falta de oxigênio




 A técnica em Enfermagem Márcia Cristina dos Santos Marques, de 44 anos, morreu, na manhã da última segunda-feira (19), depois de ter passado pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Maiobão, onde não foi atendida por falta de oxigênio naquela unidade de saúde.

Ao registrar, em nota de pesar, o falecimento de Márcia Cristina, o Conselho Regional de Enfermagem do Maranhão (COREN-MA) informou que ela atuava no Ambulatório de Saúde Mental D. João Antônio Farina, em São Luís.

UPA sem oxigênio

Depois de se sentir mal em casa, na madrugada de segunda-feira, 19, com falta de ar, Márcia Cristina foi levada para a emergência da UPA do Maiobão, a cerca de 1 quilometro da sua residência, mas não chegou a ser atendida porque não havia oxigênio naquela unidade de saúde.

Como não tinha, também, nenhuma ambulância disponível, familiares levaram a enfermeira, em carro próprio, para a UPA do Parque Vitória. Ali, ela foi atendida e colocada, imediatamente, num ‘balão’ de oxigênio. No entanto, como havia ficado muito tempo sem o produto, Márcia Marques sofreu uma parada cardíaca e faleceu.

A nota de pesar do Coren-MA



Fonte: Blog do Gilberto Lima